INTRODUÇÃO

Vamos falar sobre as curiosidades do PORSCHE Booxster 2.9 e lhe ensinar a fazer a troca da embreagem dessa super máquina!
Atente-se a todos os detalhes e não se esqueça de fazer o teste no final! Vamos lá?



A embreagem, tem dentre suas principais funções: possibilitar acoplamentos suaves e sem ruídos, transmitir o torque do motor para a caixa de transmissão na posição acoplada e permitir a interrupção da transmissão de torque para possibilitar as mudanças de marcha.



Além disso tudo, a embreagem age como um amortecedor de vibrações geradas pelo motor para diminuir ruídos, gerando maior conforto ao motorista e não transmitindo esses ruídos de alta intensidade para a transmissão, aumentando assim sua vida útil.



A Porsche boxster 2.9 tem uma potência em média de 250 cavalos e os componentes SACHS são originais do sistema de embreagem desse veículo.
Antes de iniciar a troca verifique se o kit está completo, contendo: rolamento, embreagem, graxa (utilizada para lubrificação e evitar ruídos), platô e o disco.



Primeiro passo, verifique o estado do volante dupla massa. Para fazer a verificação, gire o volante no sentido anti horário, até aplicar uma resistência, que significa que ele está em seu curso final. Após chegar ao limite, faça uma marcação do volante com os dentes da cremalheira, da mesma forma que indicamos no vídeo.
Depois gire no sentido horário até chegar na resistência novamente e observe quantos dentes foram pulados para ver a folga radial.



Depois de medir a folga radial, que para esse veículo é 15 graus, meça a folga axial que é feita com o relógio, que para esse veículo é 1,8 mm, como mostramos no vídeo.
ATENÇÃO: Cada veículo possui folgas radiais e axiais específicas, por tanto consulte o fabricante.



Após descer o câmbio do motor, retire as impurezas da capa seca com o auxílio do compressor, um pincel ou um pano.
Importante: cheque o estriado e a ponta do eixo piloto, se a peça estiver desgastada pode causar o desbalanceamento do eixo, podendo causar a quebra do pacote do disco por fadiga.



Cheque o tubo guia, se estiver com alguma imperfeição, pode prejudicar o deslizamento do disco.



Cheque o atuador hidráulico de acionamento do veículo. No vídeo o sistema do carro utiliza o cilindro mestre escravo de acionamento.
ATENÇÃO: Cheque se a coifa possui alguma trinca ou imperfeição, pois se houver pode ser contaminado pelo pó do revestimento de embreagem e causar o travamento do sistema e o não funcionamento do sistema de embreagem.



Agora cheque o estriado, para que não haja nenhuma imperfeição que possa impossibilitar o encaixe do câmbio.



Agora vamos a montagem:
Primeiro: Cheque o calço do garfo para que o garfo funcione corretamente.
Cheque o encaixe do rolamento no garfo e engraxe a parte que terá contato com o atuador hidráulico, evitando ruídos no momento do acionamento do veículo.



Faça o encaixe do garfo que vai da ponta do atuador até o calço plástico. Após isso, realize a fixação do garfo usando a chave torques.



Faça a lubrificação no eixo piloto no estriado e na ponta do eixo que vai acoplado ao rolamento do volante.



Importante: Cheque os pinos guia que estão no volante. Isso evita problemas de alinhamento na montagem do platô.
Agora faça a montagem do disco. O pino guia simula o eixo piloto do câmbio para centralização do disco. Assim, não há problemas na hora de encaixar o câmbio na embreagem.



DICA: O pino guia usado na S10 também serve na montagem da Porsche boxster 2.9.
Faça a centralização do disco e monte o platô utilizando os pinos guias. Aperte os parafusos sempre em cruz, usando 6kg no torquímetro.



IMPORTANTE: APERTE OS PARAFUSOS SEMPRE EM CRUZ PARA NÃO OCORRER O DESALINHAMENTO NO PRÉ-ACIONAMENTO E EVITAR PROBLEMAS DE PATINAÇÃO E TREPIDAÇÃO.
Feito o aperto, tire o pino guia e acople o câmbio.
É isso amigo reparador, agora não se esqueça de fazer o teste para receber o seu certificado!

Até a próxima!