INTRODUÇÃO


Neste módulo, vamos falar sobre a bomba de direção hidráulica e como efetuar a sua troca. Vamos lá?


A bomba de direção é o componente do sistema de direção responsável pela vazão e pressão do fluído hidraúlico por todo o sistema. É acionada através de uma polia e correia de acionamento do motor. Ela é responsável pelo fluxo de óleo com pressão na caixa de direção para reduzir o esforço físico do motorista no momento do esterçamento do volante para os lados.


Seus principais defeitos causam vazamento externo através do vedador e braçadeiras das mangueiras, vazamento interno por desgaste dos componentes, provocando a perda de vazão e consequentemente não aciona a caixa de direção ou ruídos por aeração e cavitação por desgastes internos.


O desgaste excessivo nos componentes internos causa a ineficiência do fluxo de óleo e deixando a direção pesada para dirigir e maior esforço do motorista no acionamento do volante, causando desconforto e desgaste físico.
Começamos o processo de troca levantando o veículo e colocando uma bandeja embaixo para coletar o óleo hidráulico para descarte;


Neste veículo em específico precisamos remover a capa de proteção do motor. É muito importante você atentar-se ao tipo de veículo que será realizado o procedimento.


Antes da retirada da bomba de direção hidráulica precisamos remover o reservatório e suas man­gueiras de alta e baixa pressão.


Agora soltamos os parafusos de fixação e a correia da bomba de direção. ATENÇÃO: ANTES DE RETIRAR A CORREIA DE ACIONAMENTO, ANOTE A POSIÇÃO DA CORREIA COM AS POLIAS e então só então remova a peça. ao retirar a bomba hidráulica, tenha muito cuidado para não bater a polia e danificar o alojamento da correia.


Seguimos com a substituição da polia da peça antiga para a peça nova.


Para a retirada da polia, primeiro a fixamos na morsa e retiramos os parafusos, o processo é o mesmo para 1nsenr na peça nova.


Com a peça nova com a polia já podemos coloca-la no veículo e apertar os parafusos de fixação. Seguimos com o encaixe da correia de acionamento na mesma posição que ela permanecia no tensionador.


Após a colocação da correia reinstalamos o reservatório e as mangueiras de alta e baixa pressão.


Por fim, seguimos com o processo de sangria que você pode acompanhar aqui no amigo bom de peça e verificamos o acionamento do sistema de direção.